Abril 22, 2024

Um homem é suspeito de matar a própria filha, de 8 anos, ele admitiu tê-la espancado como forma de correção diante de problemas na escola, conforme relato da Polícia Civil.

A perícia realizada identificou diversas lesões pelo corpo da vítima, concentradas principalmente no tórax, braços e face, decorrentes das agressões sofridas. O cinto utilizado no ato foi apreendido como prova.

Foto: Rede Social

Apesar de parentes afirmarem que o suspeito, de 30 anos, aparentava ter um comportamento tranquilo, não há registros prévios de agressões por parte dele contra a criança.

A família, originária do Benin, na África, residia em Niterói, onde ocorreu o trágico episódio. O homem, detido recentemente, enfrentará acusações de homicídio qualificado por motivo fútil, praticado através de tortura e contra menor de 14 anos. Caso seja condenado, poderá receber uma pena que varia de 12 a 30 anos de reclusão. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí segue conduzindo as investigações para esclarecer os detalhes do ocorrido,
que resultou na prisão do suspeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *