Teste de integridade nas urnas eletrônicas é realizado com simulação do projeto piloto e biometria

0
80
Foto: TSE

 

Nesta quinta-feira (15), o TSE, Tribunal Superior Eleitoral, colocou em prática juntamente dos Ministros e outras Autoridades, a simulação do projeto-piloto com biometria no teste de Integridade das Urnas Eletrônicas das Eleições deste ano.

Lembrando que, na última terça-feira (13), foi aprovada a resolução em Plenário, com previsão de no mínimo 5 Estados e o Distrito Federal, considerando um percentual de 5% e 10% das 641 urnas testadas, espalhadas pelas 27 Unidades da Federação, onde serão escolhidas por um sorteio aleatório.

Em sua fala, Moraes esclarece que, o Teste de Integridade já realizado há 20 anos, e que o mesmo é, absolutamente idêntico ao que vem sendo feito desde o ano de 2022, nas eleições o eleitor irá liberar a urna com sua biometria, Moraes ainda ressalta que, no dia das eleições, o convite para participar do Teste de Integridade com a Biometria será totalmente voluntário, e que o eleitor que aceitar não irá votar duas vezes.

Segue abaixo, 19 Estado selecionados que apresentaram condições para o uso da Biometria em testes:
Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui