Carros voadores bem no estilo dos Jetson’s

0
199

Foto: Divulgação/Embraer

Quem imaginaria que estaríamos bem na era dos Jetson’s agora?

A Embraer e a Bristow Group anunciaram nesta quinta-feira (23) um acordo de intenção de compra de 100 unidades do carro voador Eve, desenvolvido pela fabricante brasileira. Além disso, as empresas trabalharão em conjunto para o desenvolvimento de novas modalidades de mobilidade aérea urbana (UAM), tanto para transporte de passageiros quanto de cargas.

Segundo a Embraer, a cooperação se favorece dos pontos fortes de cada parceiro: a britânica Bristow conta com mais de 70 anos de experiência em operações globais de transporte, enquanto a brasileira entra com seu produto, que deve realizar o voo do primeiro protótipo em tamanho natural ainda em 2021.
O ambiente operacional do acordo entre as companhias se concentrará em áreas como design de veículos, design de vertiportos, desenvolvimento regulatório para o ambiente operacional, certificação eVTOL (veículo elétrico com decolagem vertical) e operação autônoma. Um padrão entre as parcerias recentes formalizadas pela brasileira.

Ambas as empresas planejam desenvolver capacidades baseadas em serviços para apoiar e otimizar o desempenho e a utilização de eVTOLs em operação e sistemas de Gerenciamento de Tráfego Aéreo existentes, bem como novos sistemas de aeronaves não-tripuladas e gerenciamento de tráfego não tripulado.
As entregas das primeiras unidades do eVTOL estão programadas para 2026.

Ações disparam

Após o anúncio do negócio entre Embraer e Bristow, as ações da empresa brasileira dispararam na Bolsa de Valores de São Paulo. Em poucos minutos, os papéis foram a R$ 23,79, alta de 11,69%. Vale lembrar que a fabricante já havia efetuado outras vendas no Brasil e no exterior, somando mais de 300 unidades.

Cortesia: Embraer, UOL,
Canaltech

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui