Ex-deputada Flordelis pode ser transferida para presídio feminino de Campos

0
238

A ex-deputada federal Flordelis pode ser transferida para o presídio Nilza da Silva Santos, em Campos. Ela está presa atualmente no presídio feminino Santo Expedito, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, mas a Justiça deseja que ela ou outras presas, que também estão envolvidas na morte do pastor Anderson – sejam transferidas para Campos.

O motivo da possível transferência de Flordelis para a unidade penitenciária de Campos, é que a juíza do caso determinou que a ex-deputada não tivesse contato com outros reús. No entanto, a unidade prisional abriga a neta de Flordelis, Rayane dos Santos Oliveira, e Andrea dos Santos Maia, mulher de um ex-PM, que é acusada de envolvimento no caso em uma trama que atrapalhou as investigações. Nesta segunda-feira (16) serão enviados esclarecimentos à Vara Criminal, solicitando que seja avaliada a possibilidade da transferência de alguma das internas para unidade de Campos.

Flordelis é acusada de ser a mandante da morte do então marido, o pastor Anderson, assassinado na porta de casa em 16 de junho de 2019. Ela nega o crime. Além de Rayane, duas filhas de Flordelis estão presas pela morte de Anderson, Simone dos Santos e Marzy Teixeira. A primeira, mãe de Rayane, está presa no Instituo penal Oscar Stevenson, em Benfica. Já Marzy está na penitenciária Talavera Bruce, no Complexo de Gericinó.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui