Prefeita é cassada e Carapebus terá novas eleições

0
196

Foto: Rede social

O município de Carapebus deve ter novas eleições nos próximos meses, isso porque os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiram, por unanimidade, nessa quarta-feira(4), manter o indeferimento e cassar o diploma da prefeita do município, Christiane Miranda Cordeiro (PP).

Segundo a decisão do TSE, a atitude foi tomada devido à rejeição, pela Câmara Municipal, das contas da gestão da política à frente da prefeitura no exercício de 2017, sendo considerado improbidade administrativa. Christiane concorreu a prefeitura já que, na época, recorreu, ao TSE e teve um pedido de tutela de urgência aceito pelo relator do processo, ministro Mauro Campbell Marques, para que fosse diplomada e empossada no cargo em dezembro do ano passado, enquanto o Tribunal analisava o mérito do recurso. O pedido cautelar foi fundamentado numa decisão da Justiça Estadual do Rio de Janeiro que suspendeu o ato da Câmara Municipal que embasava o indeferimento do registro de candidatura pelo TRE-RJ.
Christiane ganhou como a mais votada no município, mas com a decisão, tem que deixar imediatamente a função, que será exercida pelo presidente da Câmara de Vereadores de Carapebus até a posse do novo prefeito, que será eleito em eleições suplementares a serem realizadas ainda este ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui